Saúde

Ações Emergenciais de Combate à Covid-19

No início deste ano, alertei sobre as preocupações com o início da pandemia pelo novo coronavírus. À época, falei da necessidade de intensificar as ações de vigilância, controle e fiscalização em voos internacionais, como também solicitei informações sobre quais providências estavam sendo adotadas para evitar a proliferação desse vírus no Brasil.

O Governo do Amazonas e a Prefeitura de Manaus demoraram a tomar decisões. No pico da pandemia aqui no Estado, sugeri que o Hospital de Campanha fosse montado na Arena da Amazônia. Mas o Governo fez o hospital em uma universidade privada e a Prefeitura, em uma escola municipal, na Zona Norte, em parceria com uma empresa privada. Questiono aqui: onde estão esses equipamentos? De quem eram? Do Governo, da Prefeitura ou das empresas?

Continuo sugerindo que o Hospital de Campanha seja montado na Arena da Amazônia. É urgente antecipar-se aos fatos. Alertamos isso em outubro, quando pesquisadores falavam de segunda onda por Covid no Estado.
Hoje, temos um Decreto Estadual mal planejado, que primeiro fechava todo o comércio não essencial e, após pressão da sociedade e dos comerciantes e empresários, o governador decidiu por flexibilizar as regras. Temos que cuidar da economia, mas, principalmente, da saúde de todos e todas.

Estou cobrando, mais uma vez, ações emergenciais de combate à Covid. Porque, uma situação é emergente: a necessidade de novos leitos para atendimento à população. E o poder público tem o dever de dar respostas rápidas a isso, e com transparência. É a vida e a saúde, em primeiro lugar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *