Educação

“Ainda não há segurança para o retorno às aulas”, afirma José Ricardo

Estou vendo a preocupação e o esforço dos professores e de seus órgãos representativos em defender a segurança dos alunos e dos profissionais da educação nesse retorno das aulas nas escolas públicas e particulares do Amazonas, após longo período de isolamento social. Sabemos que as orientações dentro da escola não foram suficientes, por exemplo, para acabar com os caramujos africanos e outras infestações de bairro na vida das pessoas.

Como deputado federal, fiz uma indicação: usar as aulas virtuais para falar da importância do uso da máscara nesse período de pandemia. Mas nem essa atitude simples, Governo e Prefeitura foram capazes ou priorizaram fazer. Reforço a preocupação do Sindicato dos Professores (Sinteam) e do Ministério Público, na defesa de que as escolas, públicas e privadas, só retornem após autorização prévia da Fundação de Vigilância em Saúde (FVS), e vou mais além: que os Conselhos Estadual e Municipal de Educação também deem o seu aval nesse processo. Nos países onde as escolas voltaram a funcionar sem um rígido protocolo de segurança, os casos de infecção por Covid-19 voltaram a crescer, obrigando os governos a regredir nas decisões, retornando ao isolamento social.

Sabemos que nas escolas públicas haverá mais dificuldade em cumprir com as exigências da saúde. Se já sofrem com a superlotação e com a falta de espaço físico, como manterão a distância entre os alunos? E quanto à higiene e limpeza? Serão abastecidas o suficiente, com sabão e água sanitária, por exemplo? Haverá sensor de temperatura? E como será feito com os professores que são do grupo de risco? E quanto às escolas particulares: seguirão o protocolo das autoridades de saúde? Quem fará toda essa fiscalização? O Sinteam alerta e também concordo. Ainda não há segurança para esse retorno às aulas. Estamos falando de vidas, e cada uma precisa ser preservada.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *