Diretos Humanos Nota de Solidariedade

NOTA DE SOLIDARIEDADE AO VEREADOR MAURÍCIO KAMBEBA

Nossa solidariedade ao vereador do Município de Alvarães, Mauricio Kambeba/Mauca, que está sendo ameaçado de perder seu mandato, por estar cumprindo o seu papel de fiscalizar a atual gestão municipal.

O vereador teria recebido denúncia de que muitas famílias em situação de vulnerabilidade no Município não receberam cestas básicas, por meio de repasse do Governo do Estado, destinadas às vítimas das enchentes deste ano. E questionou o fato de vereadores da base aliada estarem doando esses alimentos diretamente às famílias, tirando a responsabilidade da Secretaria Municipal de Assistência Social de dar esse direcionamento e realizar os cadastros dos beneficiados.

Questionar o destino dos recursos públicos é papel de todo parlamentar, que deve cobrar também dos gestores e do parlamento transparência e prestação de contas. Não podemos aceitar que, “a toque de caixa”, tirem o mandato de quem quer que seja, somente porque é de oposição e está fazendo o seu papel constitucional.

Zé Ricardo
Deputado Federal (PT/AM)



PREFEITO LUCENILDO E VEREADORES DA BASE ALIADA FAZEM POLITICAGEM COM CESTAS BÁSICAS QUE DEVEM SER DOADAS AS FAMÍLIAS CARENTES DE ALVARÃES

Em tempo de pandemia e desestabilidade social que estamos vivendo, com chefes famílias desempregados/as, aumento do preço da cesta básica, do combustível, do aluguel e de outras necessários para o bem estar social do povo, isso desencadeou o aumento de famílias que se encontram em situação de vulnerabilidade social, e no nosso município a realidade é desafiadora e requer uma maior atenção de nós parlamentares e principalmente do Prefeito.

Alvarães vive uma precariedade nas políticas públicas, e é evidente a necessidade de uma maior atenção por parte do legislativo, executivo, de nossas secretarias, no trato com o recurso público para atender as demandas do povo. E neste tempo de pandemia, nosso povo tem sofrido com a escassez de alimento e a ausência de programas sociais municipais para que essas tenham acesso ao mínimo para suprir suas necessidades, sobretudo, a alimentação.

A pratica de usar programas sociais para caráter eleitoreiro e politicagem tem sido um problema desta gestão, um ato rotineiro, e o mais agravante é que esses tem o apoio e o consentimento de vereadores da base aliada do Prefeito, que deveriam fiscalizar e garantir que as famílias tivessem atendimento humanizado e de qualidade neste tempo difícil.

Nesta semana, recebemos denúncias de famílias em situação de vulnerabilidade social, que sentem a necessidade de receber cesta básica para dar alimento a seus filhos, que de fato precisam e que não foram visitadas e nem serão contempladas. Segundo informações, o Prefeito desconsiderou á necessidade real que vivem algumas famílias e os próprios vereadores tiraram a responsabilidade da secretaria de assistência social de dar apontamento e realizar o cadastro das famílias necessitadas, simplesmente para “fatiar, dividir entre sí” as cestas básicas entre si e entregarem para o “seu pessoal”.

Isso é explicitamente um ato imoral, politiqueiro e que configura crime, afinal, uso indevido de recurso público para se promover politicamente, e pior ainda, através de situações de calamidade que as famílias de Alvarães estão vivendo.

O mais humilhante para as famílias, é que essas que serão beneficiadas pelos vereadores que escolheram de seu “curral político”, tiveram que passar horas em uma fila para receber uma simples camiseta e foram orientadas a usarem no momento do recebimento destas cestas, aquele que contrair a orientação dada pelo Prefeito e os vereadores, não receberão as cestas básicas.

Reafirmo que meu serviço público como parlamentar é de proteger os direitos do povo, de manifestar contra qualquer violação de direito, seja ela civil, social ou político, e não irei me calar diante da imoralidade política que Alvarães tem vivenciado ultimamente.

Os ataques que tenho sofrido, são motivações para seguir exercendo meu trabalho e ao juramento que fiz ao ser eleito democraticamente, que é SER A VOZ DO POVO E LUTAR POR SEUS DIREITOS.

Estamos a disposição para acatar denúncias e juntos buscarmos a garantia de direito de nossa gente, de nosso povo que luta por uma cidade melhor.

Mauricio Kambeba/Mauca
Vereador de Alvarães

“Na defesa dos direitos do Povo”

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.