Mandato

NOTA SOBRE O PROCESSO DE ESCOLHA DA PRÉ-CANDIDATURA DO PT À PREFEITURA DE MANAUS

Sobre a reunião do Diretório do PT de Manaus e escolha do candidato do partido para as eleições municipais deste ano, entendo que o melhor caminho seria a unidade do PT e um amplo debate político interno.

Coloquei meu nome e toda trajetória política à disposição do partido para essa disputa. Vários grupos internos confirmaram apoio à minha indicação, pelo qual agradeço muito. Dentre as três candidaturas postas, fui o mais votado.

Para o 2º turno, deveria ter mais debates e tentativa de unidade. Acordos políticos e atropelos entre alguns grupos impediram essa possibilidade. Por isso, em protesto, vários dirigentes e diretorianos do PT de Manaus se retiraram da reunião.

A Direção Nacional do PT já tinha definido, meses atrás, que as candidaturas nas capitais e em cidades com mais de cem mil eleitores, obrigatoriamente, deveriam ser decididas pela Direção Nacional do Partido, sendo avaliadas e confirmadas, de acordo com as estratégias do partido, considerando o potencial eleitoral, inserção na sociedade e a trajetória de lutas em prol da população. Portanto, o PT nacional deverá manifestar seu posicionamento sobre Manaus.

Certamente há interesses de fora do partido que não querem a minha candidatura.

Mas, assim mesmo, continuo à disposição do partido para continuarmos a luta pelos direitos dos trabalhadores e das trabalhadoras e para melhorar a vida do povo da cidade de Manaus e do Estado do Amazonas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *