Sem categoria

Opinião do deputado Zé Ricardo a respeito da decisão do Governo Federal de criar o Comitê de Crise para discutir políticas relacionadas à Covid-19

“No dia 23 de março do ano passado, apresentei o Projeto de Lei N.832/20, que instituía o Comitê Nacional de Articulação das Ações de Enfrentamento ao Coronavírus e Monitoramento dos casos e dos impactos da Covid-19 em todo o Brasil. No entanto, a Câmara Federal não deu andamento à proposta. Ou seja, um ano atrás eu já havia proposto que tivesse um Comitê Nacional que acompanhasse todo o processo da pandemia, com a participação dos governos estaduais e municipais, da sociedade científica, dos profissionais de saúde e demais entidades para ajudar nas tomadas de decisões, estratégias e ações de enfrentamento à doença. Como também, na busca de recursos financeiros para investir nas estruturas das unidades de saúde, na prevenção da doença e na aquisição de vacinas. Agora, depois de um ano e após mais de 300 mil mortes, sendo quase 12 mil só no Amazonas, o Governo Federal resolve organizar esse comitê. Isso é uma demonstração de descaso e muita lentidão no enfrentamento da Covid-19. O Governo Bolsonaro é sim o responsável por essas mortes. Por isso, está sendo chamado de um governo genocida. Portanto, é necessário urgência no funcionamento e nas ações efetivas desse comitê, principalmente, na vacinação, uma vez que, agora, depois de muita pressão, o presidente admite que a vacina é a resposta, porém pelo planejamento do governo, as doses do imunizante só chegarão ao país no segundo semestre. Enquanto isso, o aumento do número de casos de contaminação e de mortes no país só aumentam.”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *