Interior

SOBRE AS OBRAS DA ORLA DA CIDADE DE BORBA, ESCLARECEMOS:

FOTO: Portal Amazônia

Recebi denúncia do bispo da Prelazia de Borba e de outros moradores da cidade de que a obra estava parada e que havia indícios de desvio de recursos públicos. A obra tem valor de R$ 11,7 milhões, sendo verbas federais. Cabe à Prefeitura explicar onde estão os recursos e por que a obra estava parada, afinal, os recursos são geridos pela Prefeitura.

Tempos depois, recebemos outras denúncias de que essas obras estavam desabando, colocando em risco a orla da cidade. Isso, talvez, em função da péssima qualidade da construção.

Todos esses e outros fatores podem ter levado ao embargo da obra. Além disso, todas essas denúncias não foram feitas apenas por mim. O presidente da Assembleia Legislativa do Amazonas, deputado Roberto Cidade (PV), solicitou ao Governo do Estado, por meio de documentos, uma interdição na obra da orla para, sob a justificativa der evitar maiores prejuízos.

E a deputada Alessandra Campêlo (MDB) também denunciou na sessão da Assembleia Legislativa do Estado do Amazonas irregularidades na construção do muro de arrimo da orla de Borba.

Portanto, como se viu, a situação da orla de Borba é algo que preocupa muita gente. Como cidadão e representante do povo do Amazonas, levei  essas denúncias ao Ministério Público para saber apenas se o dinheiro estava sendo bem aplicado. Minha atuação como parlamentar é em defesa dos interesses da população e desenvolvimento do estado. Por isso, destinei ai município de Borba emenda federal ao Orçamento de 2021 para auxiliar a saúde básica no valor de R$ 150 mil. E nossa luta vai continuar em defesa dos municípios

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.