Sem categoria

Um Governo que não prioriza as políticas sociais

O Programa Bolsa Família foi criado em 2003 para combater a extrema pobreza. É reconhecido pela ONU como exitoso pela sua contribuição, não só na redução da pobreza, mas também na melhoria de indicadores de desenvolvimento humano. O IDH brasileiro teve crescimento de 10,5% entre 2000 e 2014, e a pobreza multidimensional caiu de 4% para 2,9%, de 2006 a 2014, de acordo com o Pnud, das Nações Unidas.
Até 2018, o Bolsa Família atendia a quase 14 milhões de famílias brasileiras. Em troca, devem manter as crianças na escola, vacinação em dia, pré-natal.

Mas, nos últimos cinco meses, o Governo Bolsonaro fez sucessivos cortes no Programa e excluiu 1,15 milhão de beneficiários, cerca de 8% do total, ajudando a aumentar a extrema pobreza. O programa, que foi criado no Governo do Partido dos Trabalhadores, é uma ação de política pública de sucesso para o Brasil.
Mas com o país parado em relação às políticas sociais, a miséria e a extrema pobreza só estão aumentando e atingindo principalmente os mais pobres.

Nossa luta é em defesa da população!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *