Sem categoria

Zé Ricardo é indicado coordenador da Comissão Externa aprovada na Câmara para fiscalizar e propor providências no caso de Bruno e Dom

            Foi aprovada nesta quarta-feira (15), no plenário da Câmara Federal, requerimento para instalação de Comissão Externa que irá acompanhar, fiscalizar e propor providências no caso do indigenista da Funai, Bruno Pereira, e do jornalista do The Guardian, Dom Phillips, no último domingo, na região do Vale do Javari/Amazonas. A instalação oficial da Comissão está prevista para acontecer na próxima semana e o deputado federal Zé Ricardo (PT/AM) está sendo indicado como coordenador.

            Para ele, essa Comissão tem um papel fundamental, sobretudo, para apurar os desdobramentos e a omissão do poder público na garantia da segurança dos povos indígenas, na região do Vale do Javari, onde se encontra a segunda maior reserva indígena do país, mas também estratégica para o tráfico de drogas e garimpo ilegal. Também irá cobrar todos os esclarecimentos para elucidar o caso de Bruno e Dom, que ganhou repercussão nacional e internacional.

            “Esperamos notícias concretas da Polícia Federal sobre o desaparecimento do indigenista e do jornalista. As notícias de hoje já trazem Bruno e Dom como vítimas de assassinato. Faremos cobranças para elucidar esse caso junto à Comissão Externa, com transparência e responsabilidade, como também iremos apurar a omissão do poder público, Governo Federal e Estadual, na segurança dos povos indígenas”, declarou Zé Ricardo.   

            É nítido o abandono da Amazônia por parte das autoridades, completou o parlamentar, afirmando que a Funai está sucateada, a Polícia Federal com pouca estrutura em relação ao tamanho da Amazônia, além da Base Anzol funcionar de forma precária, para o enfrentamento, sobretudo, de atividades ilícitas nas áreas indígenas, que vem prejudicando pescadores e ribeirinhos daquela região. “E esses crimes ambientais, juntamente com as redes de narcotráfico, vêm ganhando espaço por conta da omissão do Governo Bolsonaro e do governador Wilson Lima, resultando num estado de barbárie que se alojou na região. Além disso, o Conselho da Amazônia, presidido pelo vice-presidente, também está calado frente a todos os acontecimentos. É preciso aumentar a presença do Estado nessas áreas, com reforço nessa região de fronteira, de forma definitiva. Quantos Brunos e Doms precisarão ser vítimas de criminosos? E até quando?”.

            Além de Zé Ricardo, farão parte dessa Comissão Externa da Câmara, dentre outros deputados: Joenia Wapichana, Alencar Santana, Nito Tatto, Vivi Reis, Túlio Gadêlha, Camilo Capiberibe, Bira Pindaré, Airton Faleiro, Reginaldo Lopes, Talíria Petrone e Alessandro Molon.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.