Economia

Zé Ricardo fará Parque Tecnológico de Inovação e Biodiversidade da Amazônia para gerar emprego e renda em Manaus

Com o objetivo de promover, por meio da Agência de Desenvolvimento Municipal, a atração de empresas de base tecnológica, brasileiras e internacionais, para se estabelecerem em área cedida pela Prefeitura, o candidato a prefeito de Manaus, Zé Ricardo (PT), propõe a constituição de um Parque Tecnológico de Inovação e Biodiversidade da Amazônia, com produção de ciência, tecnologia e inovação, a partir da realidade da Amazônia. O assunto foi um dos destaques do minicomício que realizou nesta terça (17), juntamente com sua vice, Marklize (Psol).

“A crise sanitária atual mostrou que temos uma gestão municipal despreparada e uma economia que precisa ser fortalecida, com ações integradas de geração de emprego e renda, diante de milhares de trabalhadores desempregados hoje na cidade. Na nossa gestão, iremos estimular a indústria da área da tecnologia (novos materiais, nanotecnologia, mecatrônica e outros), criando atividades complementares aos polos industriais e abrindo novas vagas no mercado de trabalho”, declarou Zé Ricardo.

Dessa forma, irá incentivar o desenvolvimento de indústrias náuticas, com a produção de “voadeiras”, lanchas e barcos de pequeno porte, com energia solar e adequados à realidade fluvial da região amazônica; como ainda articular a Escola de Operadores e de Manutenção do Transporte Hidroviário, para a formação de pilotos, copilotos, auxiliares, técnicos de segurança, mecânicos, “reformadores” de cascos; além de incentivar o Polo de Moda e o Polo Digital de Manaus, estratégicos para a cidade de Manaus.

Para o candidato, o modelo Zona Franca de Manaus é fundamental para a cidade e sua economia e continuará sendo fortalecido e defendido em seu governo, contra os ataques do Governo Federal. Por isso, como propostas, propõe manutenção contínua à infraestrutura do sistema viário do Distrito Industrial, por meio de parcerias com o setor industrial e Suframa; fortalecimento do Polo das Micro e Pequenas Empresas, implementando, em parceria com a Suframa, um plano de comércio local e sustentável em áreas de sua jurisdição; como ainda a inclusão do Distrito Industrial no circuito turístico local.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *