Economia Emprego Mandato

Zé Ricardo ingressa com pedido de urgência na Câmara dos Deputados para agilizar votação do PDL das Bicicletas e sustar medida que prejudica o AM

O deputado federal Zé Ricardo apresentou hoje (1º) requerimento à Mesa Diretora da Câmara dos Deputados pedindo regime de urgência no Projeto de Decreto Legislativo (PDL) no 80, de 19/2/2021, de sua autoria, que susta a Resolução N.159, do Comitê Executivo de Gestão da Câmara de Comércio Exterior do Ministério da Economia (GECEX), publicada no último 17 de fevereiro. Essa medida do Governo Federal quer reduzir, gradativamente, de 35% para 20%, o Imposto de Importação de bicicletas no país, prejudicando as empresas no Brasil e inviabilizando, principalmente, as fábricas do setor instaladas no Polo Industrial de Manaus (PIM).

Para Zé Ricardo, é preciso agilizar a tramitação e votação desse PDL, para evitar consequências catastróficas para a industrial nacional de bicicletas, como às localizadas em Manaus. “Estamos buscando assinaturas de apoio ao pedido de urgência, que ainda será apreciado pela Mesa. Vamos manter a luta, na defesa dos empregos no país. Somente no Amazonas, são quase 5 mil empregos que poderão ser afetados, caso essa Resolução não seja derrubada”, explicou o deputado, destacando que nesse PDL já consta a assinatura de parlamentares de outros estados. Ele também assinou outros dois Projetos de Decreto Legislativo com o mesmo teor, mas junto à bancada do Amazonas, e protocolizados na semana passada.

O Brasil é o quarto produtor de bicicleta no mundo, com aproximadamente 3,8 milhões de unidades ao ano e responsável por mais de 8,7 mil empregos diretos e 14 mil indiretos. No caso do PIM, as folhas de pagamento chegam a cerca de R$ 65 milhões em benefícios dos trabalhadores, com volume de investimentos totais, cadeia produtiva e infraestrutura fabril, acima de R$ 290 milhões nos últimos sete anos.

Veja documento relacionado ao texto: CD218413026900 Req de Regime de Urgência PDL 80 2021

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *