Plano de Governo


Zé Ricardo vota contrário ao Distritão e diz que o sistema eleitoral aprovado enfraquece a Democracia

Em votação realizada na noite desta quarta-feira (11), a Câmara dos Deputados aprovou em primeiro turno o sistema eleitoral por Coligação para deputados e vereadores, e rejeitou o sistema Distritão. Os dois dispositivos estavam contidos na Proposta de Emenda à Constituição N° 125/11, mais conhecida como a PEC da Reforma Eleitoral. Para o deputado federal Zé Ricardo (PT/AM), que votou contrário às mudanças, tanto o Distritão, quanto a Coligação são retrocessos para democracia brasileira, pois impedem a abrangência de representatividades nas Casas Legislativas. Além de fortalecer a corrupção eleitoral no país.

 “O correto seria não ter nenhuma mudança para as eleições do ano que vem, porque já houve avanços com o fim das coligações, o que vinha fortalecendo os partidos políticos e o retorno da Coligação enfraquece o papel dos partidos. E o ‘Distritão’ também elimina a importância da existência dos partidos políticos e fortalece a eleição de celebridades e de quem tem mais recursos financeiros, diminuindo assim as chances de eleição das representações dos setores da sociedade civil organizada, como lideranças de bairros e de sindicatos dos trabalhadores. E isso é um ataque à democracia. Por isso, defendo a manutenção do atual sistema, porque, além de permitir maior representatividade, é resultado de debates, estudos e avaliações de eleições anteriores, ou seja, fazem parte de etapas que estão sendo construídas para o aperfeiçoamento do processo eleitoral que existe hoje”, defendeu Zé Ricardo.

Ele também considera que o formato que está hoje, sem coligação, facilita a compreensão das pessoas acerca das propostas e ideias defendidas pelos candidatos e partidos. Portanto, para Zé Ricardo, a aprovação do retorno das coligações dificulta o fortalecimento de projetos e propostas voltadas para melhoria dos serviços públicos prestados à população.   

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.