Nota Nota de Solidariedade

NOTA DE PESAR PELA MORTE DE PADRE ALBANO

É com grande pesar que lamentamos profundamente o falecimento do Pe. Albano Ignácio Ternus, ocorrido nesta sexta-feira (9), aos 88 anos de idade.

Padre Albano era Jesuíta e nasceu no Rio Grande do Sul, mas dedicou a maior parte de sua vida religiosa à Amazônia. Trabalhou muitos anos em Manaus, nos bairros São Francisco, Compensa, Alfredo Nascimento, Fazendinha e Aliança com Deus. Colaborou com várias atividades da Arquidiocese, da CNBB e das Pastorais Sociais. Ajudou na formação pastoral e social de homens e mulheres pelo Instituto de Teologia Pastoral e Ensino Superior da Amazônia (Itepes). Atualmente estava atuando em Belém, no estado do Pará.

Na certeza da promessa de Jesus Cristo que disse: “Quem crê em mim, ainda que tenha morrido, viverá”, expresso meus sinceros sentimentos de solidariedade e pesar aos familiares, parentes, amigos, à Congregação Jesuíta e à toda comunidade católica da Amazônia.*Zé Ricardo (PT/AM)**Deputado federal*

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.